domingo, 10 de fevereiro de 2013

Two Broke Girls e suas referências pops engraçadinhas



A história é mais ou menos assim: Caroline é uma ricaça que perde absolutamente tudo e vai morar no metrô de NY. Lá ela conhece Max, uma garota que nasceu pobre, continua pobre até hoje e trabalha de sol a sol numa lanchonete capenga para pagar as contas. Max fica com pena de Caroline e a abriga em seu apartamento (que se já era pequeno para uma, imagine então para duas). Bem, mesmo sendo tão opostas quanto Sheldon e Penny, Caroline e Max começam a se dar muito bem e invariavelmente viram melhores amigas. Caroline abre os olhos de Max para as oportunidades de negócio que ela está desperdiçando com seus cupcakes e Max ajuda Caroline a se adaptar a uma vida digamos assim mais modesta. O seriado é repleto de referências pops atuais e auto referências satíricas. Repleto mesmo. Tanto que às vezes tenho que assistir a um episódio por duas ou três vezes para conseguir sacar todas as piadinhas sobre celebridades que pipocam pelos cantos. E sinto informar que quem não domina muito bem o inglês não vai achar a menor graça em certas piadas (tipo quando num episódio um castor de pelúcia com franjinha logo é apelidado de Justin Beaver). O único defeito da série a meu ver é que as referências pops a que me referi anteriormente meio que datam o programa. Se daqui a dez anos, alguém for assistir a série pela primeira vez, várias piadas não farão mais sentido algum, pois no mundo do show business tudo muda overnight. Atenção também para as fartas menções à cidade de New York e suas deliciosas particularidades.

3 comentários:

  1. Toda referência, desde que bem aproveitada, ajuda em qualquer série.

    Vou dar uma olhada nessa.


    abs

    ResponderExcluir
  2. AMO esse seriado, um dos meus preferidos!!

    ResponderExcluir